Gostosuras ou Travessuras? Happy Halloween!

Olá leitores! Nosso blog não é só cultura literária, hoje vocês aprenderão um pouco também sobre datas comemorativas. Como já devem imaginar, vamos ler um pouco sobre a origem da data festiva do Halloween. 

Comemorado no dia 31 de outubro, o Halloween, popularmente conhecido também como Dia das Bruxas, tem sua possível origem no antigo povo celta que possuía tradição pagã. Por ser um dia antes do conhecido e estimado por eles “dia de todos os santos”, esse povo cria que no dia anterior o mundo seria ameaçado pela ação de demônios, fantasmas e seres malignos a fim de estragarem a vibe do dia seguinte, que era tão iluminado e cercado por um valor sagrado para a cultura deles. Eis a origem do nome, Halloween é uma derivação de “All hallow’s eve”, que em tradução livre fica algo como “véspera de todos os santos”, ou seja, um dia antes do dia de todos os santos. 

Por esse motivo, os celtas cercavam-se de figuras estranhas e bizarras, além de vestes, com o objetivo de afastar a influência dos maus espíritos que ameaçariam suas colheitas e suas vidas. Por isso as pessoas hoje se caracterizam de seres bizarros nessa data. Essa tradição tem mais de 2500 anos, e no processo de ocupação de terras europeias, os pagãos trouxeram essa influência cultural na época em que o cristianismo estava sendo disseminado. 
Outros tempos chegaram, e com a Inquisição da igreja católica, inúmeras pessoas foram acusadas de praticarem bruxaria e assassinadas em decorrência disso. POr conta disso logo a figura das bruxas e feiticeiras também foram associadas ao Halloween. Por conta desse episódio na Idade Média que o nome “Dia das Bruxas” surgiu, pois foi uma forma de condenaram o dia festivo. Além disso, como forma de minimizar essa prática comemorativa, cristianizaram a festa criando o “Dia de Finados / Dia dos Mortos”, datado em 2 de Novembro, como todos sabem. 
No Brasil não conhecemos muito a respeito e não comemoramos a data, entretanto é algo muito significativo em países europeus por conta da influência pagã dos celtas, e também norte-americana (Canadá e Estados Unidos), pelo fato de irlandeses terem contribuído culturalmente para a formação dos países. Em nosso país há um tempo atrás foi criado o título de “Dia do Saci”, como forma de promover nossa própria cultura e folclore, porém eu mesmo raramente vejo se falar a respeito. 
Uma última curiosidade: Sabem por que a abóbora é um símbolo da data comemorativa? Existe uma lenda que envolve um sujeitinho desprezível chamado Stingy Jack. Segundo o mito irlandês, Jack teria bebido com o próprio capiroto em um bar na noite de Halloween, mas quando já estavam fartos notaram que o sujeito não tinha dinheiro para pagar. Com sua malandragem convenceu o bicho preto a se tornar em moeda para saldar a dívida do bar, e ao se transformar, ao invés de pagar, Jack pregou a moeda em crucifixos. Para ser liberto, o demônio fez um acordo que prometia deixar Jack em paz pelo resto de sua vida, e o homem logo aceitou. Entranto quando Jack morreu foi rejeitado as portas do céu por ter feito um pacto com o diabo. Retirou-se para o inferno, mas para sua surpresa também foi rejeitado pelo trato que haviam feito. vendo que Jack estava solitário e perdido, o demônio deu-lhe um nabo com carvão que serviria de lanterna para alumiar seu caminho enquanto perambulasse pela eternidade assombrando os vivos. Quando os irlandesses trouxeram o Halloween para a América do Norte adaptaram a história transformando a lanterna de Jack em uma ábobora iluminada com feições humanas, ao invés de um nabo. 
Isso é basicamente tudo que conhecemos a respeito do Halloween e de sua história. Uma comemoração cultural que remete ao memorável povo celta e a idade medieval, que com certeza contribuiu e influenciou muito na bagagem cultural do mundo atual. 
Espero que tenham gostado! Comentem, se quiserem acrescentar algo fiquem a vontade. Participem!

Agradecemos novamente sua atenção. 
Abraço à todos.

Valery

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *