O lago místico – Kristin Hannah

Olá Estrelas!

O livro de hoje é da autora Kristin Hannah, espero que gostem.

SINOPSE
Esposa e mãe perfeita, Annie vê o seu mundo desabar de uma hora para outra quando é abandonada pelo marido.
A fuga momentânea é para Mystic, a pequena comunidade onde ela cresceu e onde o seu pai ainda vive. Lá, Annie começa a se reerguer novamente, descobrindo o amor por si mesma, por um velho amigo solitário e por uma garotinha que acaba de perder a mãe.
Tudo está se encaixando na vida de Annie. Nick e Izzy se tornaram uma parte importante de seu processo de cura, e ela também se tornou essencial para a sobrevivência da relação entre pai e filha. Até que o seu ex-marido reaparece… e a tranquilidade rapidamente dá lugar ao desespero.
Kristin Hannah encanta mais uma vez com uma história comovente, sensível e verdadeira sobre perda, paixão e os fios frágeis que unem as famílias.

RESENHA

Por onde começar, quando tudo o que vem a sua mente é, estou encantada por esse livro?! Então lá vai…Estou completamente encantada por esse livro rsrs.

Annie é a esposa e mãe perfeita, sua vida é em função da filha, marido e da casa. Sua filha esta indo para Londres, antes de partir para faculdade, Annie está assustada mas orgulhosa da coragem da filha. O que ela não esperava é que no mesmo dia da partida da filha, seu marido declarasse que quer o divorcio, pois está apaixonada por uma mulher mais jovem.

” Ela olhou para ele com a boca aberta. Ele estava tendo um caso. A palavra penetrou lentamente, machucando-a até chegar ao osso. Milhares de detalhes se encaixaram no lugar: jantares que ele perdeu, viagens que fez para lugares exóticos, a nova cueca de seda que começou a usar, a mudança da colônia de Polo para Calvin Klein depois de tantos anos, o amor que faziam tão raramente…”

Sem saber bem o que fazer, ela decide voltar para cidade onde cresceu e ficar com seu pai. Lá ela descobre que sua melhor amiga do colegial morreu, e que deixou para trás uma pequena menininha e Nick, o viúvo e também amigo de Annie, por quem ela teve uma paixão na adolescência.
Annie fica depressiva com o término do casamento e numa tentativa de manter a cabeça ocupada, decide ajudar Nick a cuidar Izzy, imaginem uma criança de 6 anos que não fala mais, e acredita estar desaparecendo. É de partir o coração, e Annie faz de tudo para fazer a garotinha voltar a sorrir.

” Sem mãe.
 Duas palavras pequenas, mas dentro delas havia um poço sem fundo de dor e perda, um luto incessante de toque que nunca foram recebidos e palavras de sabedoria que nunca foram ditas. Nenhuma palavra era grande o bastante para descrever de forma adequada a perda da mãe. Não no vocabulário de Annie, e certamente não no de Izzy. Não era de admirar que a menina tivesse escolhido o silêncio. “

Annie consegue trazer normalidade, uma rotina para casa de Nick, tudo o que uma criança precisa, e aos poucos vemos as melhoras que isso causa tanto em Izzy, quanto em Nick. Ele e Annie, se aproximam cada vez mais. Relembram sentimentos que estavam no passado, ou que eles acreditavam estar. E quando tudo parece se encaminhar para algo novo, Blake, o ainda marido de Annie volta com um pedido de desculpas e esperança de que ela o aceite de volta.

” Ele desejou ter ensaiado aquilo, mas não esperava que ela tornasse tudo tão difícil. Para ele, o roteiro seria assim: ele entrava na sala e ela hesitava, daí sorria e chorava e dizia como sentira a falta dele. Ele abria os braços e ela se lançava neles…e pronto. Estavam juntos de novo. “

A partir daí, Annie terá decisões importantes a tomar e um grande acontecimento no meio disso tudo para complicar ainda mais as coisas. Eu particularmente adoro quando histórias mostram quem realmente somos, e que certas ocasiões nos fazem crescer e essa é uma dessas histórias. Além de Annie, tem Izzy que passa por uma grande transformação, assim como seu pai Nick, que estava se entregando ao vicio da bebida mas que luta para ser uma pessoa melhor e um pai melhor.
Se você deseja uma excelente história de superação, de amor e determinação, pode se jogar fundo nesse livro. Conseguimos sentir o que cada personagem está passando, pois a autora nos dá a oportunidade de seguir a história por seus pontos de vistas.Sem mais delongas, espero que tenham gostado e que dividam suas opiniões comigo. Até a próxima Estrelas.

Valery

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *