[RESENHA] Paixão ao entardecer – Lisa Kleypas

Olá Estrelas!!!

A resenha de hoje é do ultimo livro da série Os Hathaways que a editora Arqueiro nos presentou e que amei cada um deles.

Vamos conferir?

Sinopse:

Mesmo sendo uma família nada tradicional, quase todos os irmãos Hathaways se casaram, até mesmo Leo, que era o mais avesso a essa ideia. Mas para a caçula Beatrix, parece não haver mais esperança. Dona de um espírito livre, apaixonada por animais e pela natureza, Beatrix se sente muito mais à vontade ao ar livre do que em salões de baile. E, embora já tenha frequentado as temporadas londrinas e até feito algum sucesso entre os rapazes, nunca foi seriamente cortejada, tampouco se encantou por nenhum deles. Mas tudo isso pode mudar quando ela se oferece para ajudar uma amiga. A superficial Prudence recebe uma carta de seu pretendente, o capitão Christopher Phelan, que está na frente de batalha. Mas parece que a guerra teve um forte efeito sobre ele, e seu espírito, antes muito vivaz, se tornou bastante denso e sombrio. Prudence não tem a menor intenção de responder, mas Beatrix acha que ele merece uma palavra de apoio – mesmo depois de tê-la chamado de estranha e dito que a jovem é mais adequada aos estábulos do que aos salões. Então começa a escrever para ele e assina com o nome da amiga. Beatrix só não imaginava o poder que as palavras trocadas teriam sobre eles. De volta como um aclamado herói de guerra, Phelan está determinado a se casar com a mulher que ama. Mas antes disso vai ter que descobrir quem ela é.

Resenha:

Apesar de ter aguardado com ansiedade este livro tenho certeza que vou ficar com muita saudades de todos os personagens. Lisa Kleypas fechou com chave de ouro a série. Cada um dos personagens tem uma personalidade peculiar e um encanto único, até os animaizinhos de Beatrix me conquistaram e isso é o que faz de cada um dos livros de Lisa um sucesso entre os fãs.
Beatrix sempre foi diferente e enquanto em cada temporada havia uma grande disputa por conquistar o melhor partido para um casamento, ela preferia a companhia de seus bichinhos de estimação e daqueles que ela recolhia e tentava encontrar um novo lar. Ela é um encanto de menina e não consegue deixar nada pendente e isso inclui uma resposta a carta do pretendente de sua amiga, ela tentou fazer com que sua amiga Prudence respondesse a carta de Christopher mesmo ela não gostando dele (por conta do que ouviu ele dizer sobre ela em um baile) e nesta tentativa sua amiga disse ” … escreva você para ele” e quando ela viu que Prudence não iria responder e que ainda não tinha-lhe escrito nem uma carta, ela com autorização da amiga respondeu e assim se deu inicio a uma grande troca de correspondência entre os dois. Durante um bom tempo eles trocaram cartas, ela aliviava o sofrimento dele por tudo que via e passava na guerra e durante este tempo ela percebeu uma grande mudança nele e com isso se apaixonou, quando percebeu isso entrou em desespero e resolveu parar de lhe corresponder porém neste desespero enquanto lhe escrevia que não mais poderia lhe escrever ela desabafou em um papel seus sentimentos e na hora de entregar a correspondência para envio ela trocou os papeis e lhe enviou a carta errada, com isso Christopher quando deu baixa na guerra resolveu que seu próximo passo seria se casar com Prudence a mulher que amava e que lhe deu conforto nos momentos difíceis mas, durante seu retiro para se recuperar ele se envolve com Beatrix e fica confuso sobre seus sentimentos porém tem um certo preconceito com relação a ela e sua família.
Beatrix é uma mocinha forte e muito decido com relação ao que quer, é fiel ao extremo  e em nenhum momento traiu sua palavra a Prudence de que não revelaria que foi ela quem escreveu as cartas a Christopher, mesmo que o amasse. Ao invés disso ela se mostrou forte em seus sentimentos e a sua natureza. 
Christopher era arrogante e mesquinho porém com que passou durante a guerra sua personalidade realmente mudou mais ainda haviam resquícios de preconceito com relação a Bea e sua família porém durante uma visita a moça ele se sentiu muito bem com el, coisa que não sentia em sua própria casa mas, apesar de tudo ele estava apaixonado pela moça que escrevia para eles palavras que o mantiveram vivo não só a ele mais a seu pelotão de guerra também, ela era um sopro de esperança e ele estava determinado a casar com ela. Eu gostei bastante dele mas teve momentos em que eu queria entrar na história e lhe dar umas boas bolachas naquela cara linda que ele tem, onde já se viu enxergar tão pouco o que esta diante dele?
A história foi muito bem construída e a evolução com as outras histórias também foi bem desenvolvida, adorei cada pagina do livro e Bea realmente é maravilhosa e altruísta, ela coloca o bem estar das pessoas que ama a frente do dela mesma e isso é um dom. Torci por ela em cada etapa e ela nunca me decepcionou. Adorei o fato dela conseguir acalmar o Albert, essa foi uma das melhores partes do livro.
Eu sinceramente recomendo a leitura da série toda e fiquei em duvida de qual dos cinco livros é o meu preferido, amei cada um deles.

Valery

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *