[RESENHA] Pode beijar a noiva – Patricia Cabot @PlanetaLlivrosBR

Olá Estrelas!!!
Os romances de época estão em alta mas não é de hoje o meu amor por livros nesse tema. Patricia Cabot é o pseudônimo da escritora Meg Cabot reconhecida mundialmente pela série O diário da princesa que chegou até as telonas com Anne Hathaway no papel principal. 
Vamos lá?
Sinopse:

Apenas um homem poderia propor a ela casamento…

Emma Van Court, dama de uma família londrina, jamais esperava ficar viúva e sem vintém na aldeia escocesa de Faires. E quando uma fortuna lhe foi prometida, se ela tornasse a se casar, a bela professora deparou-se com um mosaico de homens solteiros lutando por suas atenções, desde o pastor local até um detestável barão.

Um doce beijo selaria aquele amor… James Marbury, conde de Denham, era moderno e sofisticado… e totalmente desacostumado às estradas lamacentas e aos telhados de palha de Faires, para onde viera depois de saber do falecimento de seu primo Stuart. E sem demora ficou exasperado ao descobrir que seu amor louco e intenso pela viúva Emma continuava tão forte quanto antes.

Diante de tantos homens solteiros que a cortejavam, James encontrou uma única solução: oferecer-se como marido temporário para Emma… mesmo que secretamente ele desejasse fazer seus votos durarem para sempre.

Resenha:

Eu amo os romances escritos por  Meg Cabot, TODOS eles, enquanto tem leitores que não curtem alguns temas dela eu os amo, mas os romances de época me encantam de tal maneira que eu não consigo e nem quero evita-los, passo na frente da minha fila quando chega algum em minhas mãos. 

Este livro é lindo e triste em na medida certa, seus personagens assim como todos da autora são fortes, lindos e carismáticos. Emma se mudou para Faires  para se casar com seu amor de infância. No entanto, depois  de seis meses  em que eles são casados, ele morre. Não muito tempo depois é imposta uma condição para que Emma receba uma herança deixada pelo marido. Ela tem que se casar.

James é o primo do marido de Emma e é ele que vem para trazer o corpo do falecido de volta para casa para ser enterrado no túmulo da família, ao chegar ele fica surpreso ao ver que Emma ainda está lá. James sempre amou Emma, ​​então quando ele descobre sobre o pequeno fato de que ela tem que se casar de novo para receber a herança, ele tem certeza de que esta é a sua chance ter te-la para sempre.

“Quando um homem que nunca teve nada negado em sua vida encara subitamente o fato de que não pode ter o que mais deseja dirá quase tudo para tentar convencer-se de que jamais desejou aquilo. Mas, acredite no que eu digo Emma, não me lembro de uma época em que eu não desejasse que você fosse minha”.


Ver como foi evoluindo o relacionamento dos dois foi incrível e gostoso, James me encantou de tal forma que gostaria de saber que existe uma pessoa assim na realidade. 
Tal como acontece com em seus outros romances, os personagens de fundo também tiveram sua própria personalidade e problemas e ganharam grande destaque por isso. Tenho meus favoritos logico e entre eles esta Cletus que é um encanto eu teria gostado de ver Cletus arrumar uma namorada ou esposa neste livro ou que tivesse um livro pra ele. Ele foi realmente doce.
 

Pode beijar a noiva é um romance que vai encantar a todos que curtem romances de época.

 

Valery

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *