[RESENHA] Aprendendo a seduzir – Patricia Cabot

Olá Estrelas!!!

Já contei pra vocês como adoro um bom livro de romances históricos, aqueles gostosos de ler que te levam em uma incrível viagem de volta no tempo e este faz exatamente isso, Patricia Cabot te leva nessa viagem com personagens maravilhosos e heróis apaixonantes.
Vamos conferir?
Sinopse:

O que qualquer mulher faria se flagrasse o noivo aos beijos com outra mulher?
Cancelaria o casamento e nunca mais colocaria os olhos no desalmado traidor. Certo?
Não lady Caroline Linford.
Apaixonada pelo belo e galante marquês de Winchilsea, ela não se dá por vencida e resolve ir em frente com o casamento. Afinal, lady Linford ama seu prometido.
Com o intuito de se tornar o único objeto do desejo de seu noivo, ela convoca o renomado Braden Granville, mestre na arte da sedução, para, com ele, aprender a ser a melhor amante que Winchilsea pode vir a ter.
Porém, a aluna se torna tão aplicada que arrancará mais que elogios de seu professor…

Resenha:
Muito conhecida pela série  YA de livros  O Diário da Princesa, Meg Cabot escreveu romances históricos e sexy sob o pseudônimo de Patricia Cabot. Aprendendo a seduzir é considerado um dos melhores no gênero e merece destaque em qualquer prateleira ou estante.

Lady Caroline Linford é uma moça da sociedade linda e inteligente mas muito ingênua, recentemente ela se tornou noiva do homem que salvou a vida de seu irmão. Porem em um baile ela descobre que seu noivo foi arrebatadoramente atraido por outra mulher.
Sua mãe ao descobrir sobre o ocorrido não lhe oferece nenhuma simpatia, pelo contrario e ao invés disso castiga Caroline por não tornar-se atraente o suficiente para conquistar e manter seu noivo ao seu lado. Então Caroline resolve que vai tomar aulas de sedução para garantir que seu futuro marido só deseje e tenha olhos para ela sendo assim ela contrata Braden Granville, o grande sedutor de Londres para “lições” teóricas sobre amor e desejo. 
Braden Granville é um menino criado nas ruas  mas que mudou isso com o passar tempo se dando muito bem no que faz. Seu negócio o tornou rico lhe deu entrada nos altos  escalões da sociedade londrina. Agora aos 3 anos, ele decidiu se casar e fica noivo da linda, mas moralmente desafiadora Lady Jacqueline. Ele logo percebe que sua noiva o está traindo e só esta com ele por conta do dinheiro, mas está relutante em romper o noivado e ter que pagar uma grande fortuna por quebra de contrato. Em vez disso ele está tentando pegá-la em flagrante com um de seus amantes e provar que ela é a culpada na separação. É em um desses momentos em que ele a vigia que conhece  Lady Caroline que acabou de testemunhar a noiva dele e o noivo dela juntos. 
Caroline e Granville,  traçam um plano para ajudá-los a conseguir o que desejam, mas o que começa como parceria logo se torna tudo sobre seus próprios sentimentos novos de um pelo outro. Caroline é adoravelmente suscetível a “lições” da Granville. Quando ele a beija, ela esquece tudo e todos ao seu redor e, depois, não pode acreditar ou sequer entender como ele conseguiu fazer sso até agora. 
Meg escreve esta parte tão bem que prende a atenção pelo modo em que descreve como os sentimentos de Caroline se modificando e se transformando em grande paixão e na forma inimaginável de suas respostas. Há uma enorme confusão em curso quando Granville percebe que Caroline está se tornando mais e mais bonita cada vez que vê-la. Ele está totalmente confuso com isso e não consigo entender como ele não enxergou isso logo de início. É claro que nós, como leitora sabia que é porque ele está se apaixonando por ela, mas observar sua perplexidade com isso é tão divertido e cativante que me apaixonei mais ainda por ele, foi inevitável. A trama envolvendo o irmão de Caroline e uma figura submundo adicionou suspense e ação na história e é um grande veículo para Granville vir salvar o dia e assim conquistar a garota, foi uma sacada incrível.
Os personagens secundários são maravilhosos e em construídos também, os servos, Tommy e Emily são adoráveis. Mesmo os caras maus são bem desenvolvidas acrescentando alguns momentos cômicos à sua própria maneira. 
Eu adorei cada palavra deste livro e recomendo para quem procura por um romance histórico espirituoso e encantador.

Valery

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *