[BRILHO NEWS] Uma viagem com Heródoto pelas histórias do Egito faraônico

Olá Estrelas!!!

Segundo livro da série Histórias de Heródoto, o Pai da História, leva aos leitores uma síntese geográfica e histórica sobre a região conhecida como Dádiva do Nilo


A Editora Edipro lança o segundo livro da clássica série Histórias de Heródoto: Livro II – Euterpe, traduzido por Maria Aparecida de Oliveira Silva. Cada obra da coleção, composta por nove volumes, tem o nome de uma das nove musas da mitologia grega que inspiraram os artistas mortais.

A estrutura narrativa é composta por duas grandes temáticas centrais, com subdivisões bastante conhecidas pelos especialistas em historiografia antiga. A primeira parte trata da descrição geográfica do Egito, enquanto a segunda é destinada à descrição histórica do país.

Na primeira metade há uma breve introdução ao tema; com descrição da geografia física; dados etnográficos; relatos sobre os costumes religiosos; a zoologia dos antigos sagrados; e a vida cotidiana e técnica dos egípcios. Já a segunda parte é reservada às crônicas e histórias, aonde contém episódios e anedotas dos reis antigos e recentes.

Em Livro II – Euterpe,Heródoto não traça um relato descritivo de toda a região do Egito. Ele realiza um detalhamento geográfico, que proporciona ao leitor conhecer a geografia e compreender muitos hábitos e costumes dos egípcios.

Com estilo leve e agradável, a obra também contém notas explicativas que colaboram para o entendimento de todos, sendo acessível aos que se interessam pelas maravilhas e pelos mistérios do antigo Egito.

Ficha TécnicaEditora: Edipro
Autor: Heródoto
Tradutora: Maria Aparecida de Oliveira Silva
Páginas: 160
Formato: 14×21 cm
ISBN: 978-85-7283-933-4
Preço: R$ 59,00 
Sobre o autor:
Heródoto – Foi geógrafo e historiador helênico, considerado o continuador de Hecateu de Mileto, nascido no século V a.C., mas há dúvidas a respeito da cidade em que nasceu. Alguns historiadores grafam em língua helênica Halicarnasso e outros Túrio. Heródoto manteve contato com o poeta trágico Sófocles, além de ter convivido com outros expoentes da produção literária e cultural de seu tempo. Por influência da política expansionista de Péricles, que defendia a disseminação de uma cultura pan-helênica, Heródoto teria aceitado participar de uma expedição de colonização e fundação da cidade de Túrio, em 443 a.C., onde teria redigido os livros de suas Histórias. Heródoto também realizou viagens para conhecer o mundo, adquirir conhecimento e sabedoria, partindo para a região do Mar Negro, conhecendo a Cítia, o Egito, a Babilônia, Cirene e vários territórios da Ásia Menor.
Sobre a tradutora:
Maria Aparecida de Oliveira Silva é graduada em História, mestre em História Econômica e doutora em História Social (USP). Pós-Doutora em Estudos Literários (UNESP) e Pós-Doutora em Letras Clássicas (USP).
Fonte: Dayane Richner – Lilian Comunica

Valery

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *