[RESENHA] A história de nós dois – Dani Atkins

Olá Estrelas!!!  Como vão?

Essa resenha de hoje é de um livro que eu amei! Chorei horrores logo de cara, mas a história é linda! Aborda um tema delicado, que eu no ligar da personagem principal não sei o que eu faria, de fato surtaria em primeiro momento, depois… Só Deus sabe!!!

Venham!

Sinopse: 
Emma tem 27 anos, é linda e inteligente e vive cercada de pessoas que a ama. Prestes a se casar com Richard, seu namorado desde a época de escola, ela não poderia estar mais empolgada.

Mas o que deveria ser o momento mais feliz de sua vida de repente vira uma tragédia. Emma sofre um acidente e é salva por um estranho minutos antes de o carro em que ela viajava explodisse.

Abalada, ela decide adiar o casamento. E nesse meio-tempo descobre segredos que a fazem questionar as pessoas nas quais sempre confiara – a ponto de duvidar se deve se casar afinal.

Para complicar, ela se sente cada vez mais ligada a Jack, o homem que a salvou e que não sai da sua cabeça. Jack é lindo, gentil e divertido, de um jeito diferente de todos que ela já conheceu.
Por outro lado, é Richard quem ela sempre amou…

Uma mulher, dois homens, tantos destinos possíveis.
Como essa história vai terminar?

Resenha: 

Bom, gente eu nem sei como começar essa resenha. Confesso que senti um aperto no peito gigantesco me imaginando na pele de Emma, Caroline e Amy logo no inicio do livro.
Três amigas inseparáveis desde os tempos de escola. Emma, podemos dizer que das três amigas é a mais dedicada, centrada nos estudos e trabalho. Caroline é a “mãezona”, a que gosta de cuidar da casa e do relacionamento. Amy por sua vez é descontraída e ama aventuras. As três se completam como ninguém.

Emma mantém um relacionamento com Richard há anos, porém durante um tempo eles se separam, pois ela decidiu tentar sua vida em Londres. Saiu de seu pais e foi embora, deixando sua família e amigos… Caroline e Nick também namoravam desde sempre e Amy era a única solteira do grupo.

Aproveitando a oportunidade, como Emma se casaria em breve, as meninas resolveram comemorar com uma despedida de solteira – e Richard com os amigos também, é claro – saíram juntas e foram até um bar. Tudo ocorria bem, até a volta pra casa… Caroline dirigia, Amy estava no banco do passageiro e Emma atrás, todas haviam bebido menos a motorista, porém o inesperado acontece, enquanto Amy se solta do cinto para procurar uma sacola para vomitar, um cervo aparece na estrada e faz com que Caroline perca o controle do carro.
Ai já podem imaginar o que acontece logo nas primeiras 25 páginas do livro… (foi ai que meu coração não aguentou!)

Amy foi arremessada para fora do carro, Caroline mesmo em estado de choque foi atrás da amiga e Emma, presa no banco, não pode fazer nada, porém a história mudou quando um estranho entra no carro para ajudá-la, Jack Monroe, americano, bonito e alto – diga-se de passagem – a tira de dentro do carro depressa, assim que conseguem subir até a estrada o carro explode e tudo vai pelos ares.

Em seguida as três são levadas para o hospital e é lá que seus destinos mudam!
A ligação entre Jack e Emma é incrível, ninguém entende o motivo daquilo, Caroline continua em estado de choque e Amy, bem, Amy não está muito bem.

Um tempo se passou, e estrelas, tenho algo que não gosto quando leio, saco a idéia logo de cara, antes mesmo de ser desvendada, e eu já tinha sacado o que viria pela frente (foi ai que senti um ódio mortal…) . Richard e Emma rompem o relacionamento e Jack entra em cena. Esse homem é maravilhoso, só em pensar no ato heroico dele, faz qualquer mulher se apaixonar, e não foi diferente com Emma.

Entretanto, há duas coisas que influenciam os dois em relação a ficarem juntos, primeiro, a mãe de Emma sofre com mal de Alzheimer o que dificultam as coisas e Jack esconde um segredo até então não revelado.
Porém a atração entre eles cresce cada vez mais até o momento em que não conseguem mais evitar e passam uma noite juntos!

O final é surpreendente… A mãe de Emma desaparece em uma de suas crises, Richard e todos tentam contatar Emma, porém ela se encontra em outro “mundo”, entretanto ele a acha com Jack e dá a noticia, ela sem pensar vai com ele e Jack vai logo em seguida em seu carro.

Dai em diante, as coisas mudam de figura e Emma se encontra confusa com a decisão que deve tomar, Jack o homem que salvou sua vida ou Richard, o homem que salvou a vida de sua mãe?

Se preparem para essa história e preparem também o coração, pois há muitas emoções!

  

Valery

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *